Com o intuito de promover a mobilidade de jovens, Portugal tem vindo a assinar Memorandos de Entendimento com diversos países criando assim condições mais favoráveis à circulação de jovens com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos.

Estes permitem permanecer em Portugal em gozo de férias por um período máximo até 12 meses, não sendo permitida a permanência para além deste período.

Todos os instrumentos assinados permitem a possibilidade, a titulo acessório, de trabalhar ou frequentar programas de formação ou estudo, não devendo nenhuma destas actividades ser contrária ao espirito dos Memorandos.

Neste momento, estão em vigor os Memorandos assinados com: